LIVROS ILUSTRAM A VIDA

LIVROS ILUSTRAM A VIDA

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Programa Opinião - TV Borborema.

A demanda pelo comentário abalizado, que considera que o analista político faz um acompanhamento sistemático e cotidiano dos acontecimentos político-eleitorais, é crescente entre os meios midiáticos, principalmente em um ano eleitoral.

Fundamentalmente trata-se de analisar numa perspectiva de trazer a tona questões que os fatos e as imagens não conseguem necessariamente traduzir em sua forma aparente, i.e., trata-se do exercício contínuo de buscar a essência das coisas do jogo político-eleitoral. Uma tarefa árdua, diga-se de passagem, posto que tratamos do mundo da política eleitoral, onde o que se vê (a forma) é, em geral, mais valorizado do que o conteúdo propriamente dito.

Aqui, participo, com o jornalista Polion Araújo, do Programa Opinião da TV Borborema, avaliando o início do processo eleitoral em Campina Grande e na Paraíba.

Mais vídeos com entrevistas e análises da conjuntura político-eleitoral no http://www.youtube.com/user/Gilbergues100/feed


video
Programa Opinião (Parte I) da TV Borborema.
6 de Janeiro de 2012.

video
Programa Opinião (Parte II) - TV Borborema.
16 de Janeiro de 2012.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

O jogo começou, façam suas apostas!




Começou, prematuramente, o jogo político eleitoral não só em Campina Grande, como na Paraíba e pelo Brasil afora.

Para o bem e para o mal nossa cultura política aceita bem essa pressa eleitoral. O fato é que o jogo já está sendo jogado, façam suas apostas.

A mim, não acabe apostar, e sim analisar as chances de vitória dos jogadores, como fiz nesta entrevista concedida no Programa Itararé Notícias da TV ITARARÉ em 12 de janeiro próximo passado. Pelo link abaixo pode-se ver a entrevista na íntegra.



ÚLTIMO ARTIGO PUBLICADO

ÚLTIMO ARTIGO PUBLICADO
Este foi um dos últimos artigos que publiquei: “SOMOS TODOS UM BANDO DE ARAMIS". Neste artigo analiso porque somos avessos à consolidação de nossa democracia. Discuto a contradição de praticarmos procedimentos democráticos enquanto cevamos um ancestral saudosismo de nosso passado ditatorial. Sugiro refletirmos sobre o paradoxo de parte da sociedade usar a liberdade de expressão para pedir um regime que pode acabar com ela. http://www.paraibaonline.com.br/colunista/santos/9920-somos-todos-um-bando-de-aramis---parte-i.html

Postagens populares

Total de visualizações de página

Marcadores