sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

PRÊMIO ISTO É (uma merda) 2016.


A Revista Isto É homenageou o que considera como “Brasileiros do Ano”. A premiação foi “dedicada aos que tiveram destaque em 2016” e foi muito comentada pelas imagens em que Sérgio Moro e Aécio Neves são vistos em uma conversa para lá de descontraída, enquanto Michel Temer, José Serra, Henrique Meirelles e Geraldo Alckmin pensam no tédio de seus podres poderes. Em meus delírios imaginei uma situação em que se entregaria o Prêmio ISTO É (uma merda) para aqueles que não poderiam jamais receber seja lá que prêmio for. Abaixo, relação dos premiados com as respectivas justificativas.


Prêmio ISTO É (uma merda) de presidente golpista do ano: MICHEL TEMER, o Usurpador-Mor da República Bananeira do Brasil.

Prêmio ISTO É (uma merda) de delação premiada do ano: CLÁUDIO MELO FILHO, ex-executivo da Odebrecht, que revelou como o cafetão-mor da República, Michel Temer, agenciou a bagatela de R$ 10 Milhões para o PMDB.

Prêmio ISTO É (uma merda) de conversa gravada do ano: ROMERO JUCÁ, que confessou por que o impeachment da presidente Dilma: “Tem que resolver essa porra (...) tem que mudar o governo para poder estancar essa sangria. Só o Renan que está contra essa porra, porque não gosta do Michel, porque Michel é Eduardo Cunha (...) gente, esquece o Cunha, ele está morto, porra”.

Prêmio ISTO É (uma merda) de político supersincero do ano: ROMERO JUCÁ, pelo teor da conversa acima, porra!

 Prêmio ISTO É (uma merda) de político mais burro do ano: EDUARDO CUNHA, que fez o serviço sujo para os golpistas e ganhou uma cela na Polícia Federal de Curitiba como prêmio.

Prêmio ISTO É (uma merda) de políticos mais bem protegidos pela imprensa e pela justiça: AÉCIO NEVES, FHC e JOSÉ SERRA, que seguem lépidos e fagueiros para o alto e além...

Prêmio ISTO É (uma merda) de papagaio de pirata do ano: presidente da Câmara dos Deputados RODRIGO MAIA que se contenta alegremente em posar às costas do usurpador-mor da República Bananeira do Brasil.

Prêmio ISTO É (uma merda) de casal do ano: SÉRGIO CABRAL e ADRIANA ANSELMO que levam a sério a história de “prometo estar contigo na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza” e na prisão, claro.

Prêmio ISTO É (uma merda) de tribunal que menos protegeu a constituição: SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL que de tanto rasgar páginas e artigos de nossa constituição ainda vai reduzi-la a um simples manual de instrução.
 
Prêmio ISTO É (uma merda) de ditador/juiz do ano: IL DUCE MORO, aquele que manda prender os inimigos de seus íntimos amigos baseado em convicções.

Prêmio ISTO É (uma merda) de apresentação em Power Point do ano: DELTAN DALLAGNOL que não estuda as Leis, pois para prender Lula basta ter convicção.

Prêmio ISTO É (uma merda) de pastor do ano: JIM MALAFAIA JONES, o pastor preferido de Mister Devil.

Prêmio ISTO É (uma merda) de prática mais autoritária, reacionária, homofóbica, racista, misógina, golpista do ano: JAIR BRILHANTE USTRA BOLSONARO, que é o que é, dispensa comentários.

Prêmio ISTO É (uma merda) de criatura mais reaccionariamente alucinada do ano: JANAÍNA PASCHOAL que não irá à entrega do prêmio devido a sua devastada senilidade mental.

Prêmio ISTO É (uma merda) de nocivo útil do ano KIM KATAGUIRI que acredita nas boas intensões do PSDB e que ainda vai ser presidente da República Bananeira do Brasil.



Prêmio ISTO É (uma merda) de movimento politico mais coxinha do ano: MOVIMENTO BRASIL LIVRE, que acredita que a bandeira do Japão é um símbolo do comunismo internacional.

Prêmio ISTO É (uma merda) de atrizes mais coxinhas do ano: SUZANA VIEIRA e REGINA DUARTE que usam camiseta preto-fascista por baixo de uma blusa verde-amarelo-piegas.

Prêmio ISTO É (uma merda) de coxinha mais envergonhado e escondido do ano: LOBÃO que ninguém viu, ninguém sabe e muito menos ouve.

Prêmio ISTO É (uma merda) de jornalista chapa branca do ano: houve empate entre ELIANE CANTANHÊDE, RICARDO NOBLAT e WILLIAM BONNER.

Prêmio ISTO É (uma merda) de revista semanal mais chapa branca do ano: REVISTA ISTO É. O prêmio é mais do que merecido, pois a ISTO É conseguiu a proeza de ser pior que a VEJA.

Não houve Prêmio ISTO É (uma merda) de emissora golpista do ano, pois a REDE GLOBO DE TELEVISÃO é hors concours nesse quesito.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Jornada de Estudos Marxistas da UEPB




A I Jornada de Estudos Marxistas da UEPB, promovida pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Filosofia e Filosofia Marxista (NEPEFIL – Karl Marx), será realizada na Central de Integração Acadêmica da Universidade Estadual da Paraíba, no Campus I, em Campina Grande-PB (CIAc/UEPB), entre os dias 13 e 15 de dezembro de 2016. Esta primeira edição do evento tem como tema “EM TORNO DE MARX”.

Não queremos fechar a temática em torno de eixos, mas abrir a possibilidade de que tudo pode e deve ser analisado a partir do pensamento marxiano e marxista. Para isto, estamos aceitando resumos com no mínimo de 2000 e no máximo 3000 caracteres, incluindo espaços. Cada participante poderá ser autor de dois e coautor de mais dois resumos. A Programação com os palestrantes e minicursos pode ser vista no quadro abaixo.



Em um quadro de acirramento das contradições em nosso país e em que, em nível acadêmico, o marxismo é constantemente atacado o nosso objetivo é proporcionar um espaço para debates sobre temas relacionados ao pensamento de Marx e de teóricos do Marxismo para que docentes, estudantes de graduação e pós-graduação que desenvolvem pesquisas nesta área possam apresentá-las.

Organização: Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino de Filosofia e Filosofia Marxista (NEPEFIL – Karl Marx), Comissão Organizadora: Prof. Dr. Valmir Pereira (Departamento de Filosofia/UEPB) Prof. Doutorando André Ricardo Dias Santos – IFPE) Profª. Ma. Aliceane de Almeida Vieira (Departamento de Serviço Social/UEPB) Prof. Me. Janduí Evangelista de Oliveira (Departamento de Filosofia/UEPB).

http://ijornadamarxistauepb.blogspot.com.br/

GilBlog - Arquivo

Siga-me por Email

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Marcadores