DIRETAS JÁ!

DIRETAS JÁ!

quinta-feira, 17 de março de 2016

“A voz resiste. A fala insiste: você me ouvirá, quem viver verá”.


Acordei hoje com uma música antiga na cabeça, chama-se "NÃO LEVE FLORES" de um de meus heróis, Belchior. Isso significa que ainda não fui consumido por essa burrice autoritária e conservadora que graça por aí, pois poderia ter acordado com uma “música” de Wesley Safadão na cabeça. Aí, sim, tudo estaria perdido.

É natural ter lembrado a “filosofia belchiana”, pois fiquei até muito tarde lendo notícias e vendo imagens de uma “revolta” estulta, autoritária, golpista, estreitamente (in)consciente de nossa realidade. Em tempos de convulsão política a solução pode ser buscar os clássicos, talvez eles nos digam o que fazer. Os antigos podem nos ensinar muito, de como reagir ao mal sem se igualar a ele. Belchior e o velho Brizola (lembrei dele também) diriam que ... É TEMPO DE RESISTIR!!!!


“A imprensa e o judiciário não podem atuar como partido político. O que está em jogo é algo muito mais importante do que quem ocupará a Presidência da República. O que está em jogo é a própria democracia, a estabilidade do país e todas as instituições do Estado.
O protesto desta sexta-feira será contra os abusos da imprensa e do Judiciário. Não se pode esquecer que na história do Brasil o combate à corrupção já foi usado como justificativa para golpes. Em 1964, a ditadura derrubou o governo eleito falando contra a corrupção. Depois de muito sofrimento e dor, descobrimos que na ditadura havia corrupção. O que não havia era liberdade para investigar e denunciar a corrupção”.


Dia 18 vamos para rua pela democracia.

Confirme sua presença no evento: http://on.fb.me/1RdmScE

João Pessoa
18/03/16 - 14h
Ato na Lyceu Paraibano

Campina Grande
18/03/16 - 15h
Praça Clementino Procópio



Não Leve Flores - Belchior
  “Não cante vitória muito cedo, não.
Nem leve flores para a cova do inimigo,
que as lágrimas do jovem
são fortes como um segredo:
podem fazer renascer um mal antigo.

Tudo poderia ter mudado, sim,
pelo trabalho que fizemos - tu e eu.
Mas o dinheiro é cruel
e um vento forte levou os amigos
para longe das conversas, dos cafés e dos abrigos,
e nossa esperança de jovens não aconteceu, não, não.

 
Palavra e som são meus caminhos pra ser livre, e eu sigo, sim.
Faço o destino com o suor de minha mão.
Bebi, conversei com os amigos ao redor de minha mesa
e não deixei meu cigarro se apagar pela tristeza.
- Sempre é dia de ironia no meu coração.


Tenho falado à minha garota:
- Meu bem, é difícil saber o que acontecerá.
Mas eu agradeço ao tempo.
o inimigo eu já conheço.
Sei seu nome, sei seu rosto, residência e endereço.
A voz resiste. A fala insiste: você me ouvirá.
A voz resiste. A fala insiste: quem viver verá.



https://www.youtube.com/watch?v=ZZrfupr3S-Y

Nenhum comentário:

GilBlog - Arquivo

ÚLTIMO ARTIGO PUBLICADO

ÚLTIMO ARTIGO PUBLICADO
Este foi um dos últimos artigos que publiquei: “SOMOS TODOS UM BANDO DE ARAMIS". Neste artigo analiso porque somos avessos à consolidação de nossa democracia. Discuto a contradição de praticarmos procedimentos democráticos enquanto cevamos um ancestral saudosismo de nosso passado ditatorial. Sugiro refletirmos sobre o paradoxo de parte da sociedade usar a liberdade de expressão para pedir um regime que pode acabar com ela. http://www.paraibaonline.com.br/colunista/santos/9920-somos-todos-um-bando-de-aramis---parte-i.html

OBRAS DE ARTE EM FORMA DE VINIL

OBRAS DE ARTE EM FORMA DE VINIL
Este é o primeiro disco do Pink Floyd. Já começou assim mesmo: psicodelizado, distorcido, viajadão, cheio de efeitos! É daqueles discos para ouvir vez por outra acompanhado de algo que te dê alguma distorção mental. Aliás, o Floyd começou muito bom, esteve uma época fantástico, e terminou bom! Neste disco temos Syd Barret com Roger Waters, Rick Wright e Nicky Mason, sem David Gilmour, ainda.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Seguidores

Google+ Followers