DIRETAS JÁ!

DIRETAS JÁ!

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

MONTANDO A SÉRIE HISTÓRICA DAS PESQUISAS EM CAMPINA GRANDE.






O caro ouvinte deve lembrar que eu dediquei mais de uma semana analisando os dados da pesquisa CAMPINA FM/GRUPO 6SIGMA para eleição para prefeito de Campina Grande. Hoje eu vou analisar os dados de duas pesquisas publicadas no final da semana passada. Meu objetivo é ir montando a série histórica das pesquisas eleitorais para a eleição desse ano.



Série histórica é uma tabela onde se colocam dados referentes a um mesmo tema. Ela traz a distribuição de um conjunto de dados estatísticos considerando, principalmente, a época. Recolho dados de pesquisas eleitorais, feitas por pelo menos quatro Institutos. Em seguida os coloco em uma tabela, ordenando pela ordem crescente em que as pesquisas vão sendo publicadas.



Ao final da eleição, as informações permitirão fazer uma série de análises. Tendo a evolução das candidaturas a prefeito é possível entender o resultado da eleição. A série histórica permite termos conclusões, minimamente confiáveis, antes mesmo que a votação seja encerrada. Vejamos os números não esquecendo que a credibilidade das pesquisas e dos Institutos reside nos seus históricos de erros e acertos. Ainda, ajuda na credibilidade, as tais metodologias que devem ser analisadas caso a caso.



O IBOPE divulgou pesquisa estimulada, onde os candidatos são apresentados aos entrevistados, em que Romero Rodrigues aparece em primeiro lugar com 34% das intenções de votos. Em segundo lugar vem Daniella Ribeiro com 21%. Em terceiro lugar temos Tatiana Medeiros com 20%. Em quarto lugar, Guilherme Almeida aparece com 4%. Empatados no quinto lugar temos Arthur Almeida e Alexandre Almeida cada um com 1%. Por fim, temos Sizenando Leal que com menos de um por cento.



A pesquisa do Instituto CONSULT não muda a ordem do IBOPE e não cede à tentação de arredondar os números. Pode parecer preciosismo, mas não apresentar as frações dos números é perigoso na medida em que eleições podem se decidir pelas pequenas quantidades. Quem não se lembra da eleição de 2004 quando Veneziano Vital ganhou a eleição para Rômulo Gouveia com a diferença de 791 votos? Na época, quem arredondou números não pode detectar as mínimas diferenças.



A pesquisa CONSULT trouxe Romero Rodrigues em primeiro lugar com 30.62%, Daniella Ribeiro em segundo lugar com 20.15%, Tatiana Medeiros em terceiro lugar com 18.92%. Do quarto até o sétimo lugar temos a seguinte ordem: Guilherme Almeida com 3.23%, Arthur Almeida com 1.54%, Alexandre Almeida e Sizenando Leal com 0.15% cada um.



O IBOPE tem uma margem de erro de 3,5% e a CONSULT vai além com quatro pontos de margem de erro. É que alguns institutos alargam propositadamente a margem para diminuir a possibilidade do erro. Algo, bastante cômodo, convenhamos. Margens de erro tão elevadas detectam as grandes diferenças de percentuais entre candidatos, mas não conseguem aferir as pequenas diferenças. E este é o caso atual.





Aplicando a margem de erro para cima ou para baixo vê-se Romero em primeiro lugar. Mas, o exagero das margens de erro não permite que saibamos quem está em segundo lugar, se Daniella Ribeiro ou Tatiana Medeiro. Estas duas pesquisas apostaram no que é óbvio. Não quiseram correr riscos. Os quatro candidatos que devem seguir pela eleição afora na casa de um dígito aparecem ocupando os lugares que se aceita.



O detalhe é a queda de Guilherme Almeida que patinava na casa dos seis pontos entre junho e julho e agora cai para menos dos 3.5%. Romero Rodrigues diminuiu a dependência sob os efeitos do guia eleitoral, algo que assusta os candidatos.  Guilherme é praticamente refém do guia eleitoral. A campanha de rua não alcança todos os eleitores, o guia sim. Mas, aguardemos, pois o guia tanta alavanca como enterra de vez projetos eleitorais.



Se a presença de Romero no 2º turno está praticamente garantida, a incerteza sobre quem disputará com ele é grande. Daniella caiu em relação às pesquisas de junho e julho, devido às indefinições judiciais que levaram, dentre outras coisas, a mudança de seu vice-candidato.



Tatiana cresceu em relação às pesquisas de junho e julho ao que tudo indica pela campanha que vem sendo feita nas ruas e pelo esforço de seus dois principais apoiadores – o prefeito Veneziano e o senador Vital Fº.



Por fim, vou responder a pergunta que me foi feita durante todo o final de semana. Não, eu não acho que os dados de agora levam a conclusão de que Romero Rodrigues vai ganhar já no 1º Turno. As duas pesquisas citadas não permitem concluir que não teremos o 2º turno, pois o somatório dos percentuais dos seis candidatos ultrapassa o percentual de Romero. É até um cálculo simples de fazer.



Como se sabe, para que o 2º turno não aconteça o primeiro colocado tem que ter a maioria dos votos válidos. Outra coisa, é que alguns consideraram a pesquisa espontânea para chegar a tal conclusão. Mas, elas são mais úteis quando ainda não temos definido quem são os candidatos.



Na véspera de começar o guia eleitoral conta mesmo é o que está registrado. Além do mais, o histórico das disputas eleitorais em Campina Grande não permite que aceitemos que o jogo vai acabar tão cedo assim.







GilBlog - Arquivo

ÚLTIMO ARTIGO PUBLICADO

ÚLTIMO ARTIGO PUBLICADO
Este foi um dos últimos artigos que publiquei: “SOMOS TODOS UM BANDO DE ARAMIS". Neste artigo analiso porque somos avessos à consolidação de nossa democracia. Discuto a contradição de praticarmos procedimentos democráticos enquanto cevamos um ancestral saudosismo de nosso passado ditatorial. Sugiro refletirmos sobre o paradoxo de parte da sociedade usar a liberdade de expressão para pedir um regime que pode acabar com ela. http://www.paraibaonline.com.br/colunista/santos/9920-somos-todos-um-bando-de-aramis---parte-i.html

OBRAS DE ARTE EM FORMA DE VINIL

OBRAS DE ARTE EM FORMA DE VINIL
Este é o primeiro disco do Pink Floyd. Já começou assim mesmo: psicodelizado, distorcido, viajadão, cheio de efeitos! É daqueles discos para ouvir vez por outra acompanhado de algo que te dê alguma distorção mental. Aliás, o Floyd começou muito bom, esteve uma época fantástico, e terminou bom! Neste disco temos Syd Barret com Roger Waters, Rick Wright e Nicky Mason, sem David Gilmour, ainda.

Postagens populares

Total de visualizações de página

Seguidores

Google+ Followers